Após estrear sem ser vazado, André Regly destaca importância de vitória sobre o Macaé

O Bangu se reencontrou com a vitória na quinta-feira, 30, em Moça Bonita, pela quinta rodada da Taça Rio. O triunfo por 2 a 0 sobre o Macaé foi fundamental para o Alvirrubro, que saiu da zona das equipes que disputarão a primeira fase do Campeonato Carioca 2018. A partida contra o Alvianil Praiano contou com a estreia do goleiro André Regly, que festejou muito o resultado.

– Sabemos que poderíamos ter jogado melhor, porém, nesta altura da competição, o mais importante é a vitória para sair da situação incomoda. A equipe mostrou força de vontade e conseguiu aproveitar as oportunidades, construindo o placar e conquistando os três pontos – comentou.

8 de dezembro de 2016 havia sido a última vez que André Regly tinha defendido o Bangu numa competição. À época, o Alvirrubro venceu o Hai Phong pela última rodada da primeira fase da BTV Cup, no Vietnã, por 3 a 0. O camisa 12 frisou que o goleiro deve estar preparado para todas as situações.

– Pode ser que o reserva nunca agarre, mas ele tem que ficar pronto para quando a oportunidade aparecer. Fico feliz em ter feito um bom jogo, colaborando com a equipe, mesmo depois de ficar quase quatro meses sem jogar. Agradeço também aos torcedores que mandaram mensagens de apoio, porque é algo que me motiva mais – afirmou.

(Foto: Emerson Pereira/Bangu)

(Foto: Emerson Pereira/Bangu)

Com nove pontos, o Bangu precisa vencer o Madureira no domingo, 2 de abril, no Estádio Aniceto Moscoso, para afastar qualquer risco de disputar a fase inicial do Cariocão na próxima temporada. André Regly espera mais uma pedreira e quer a equipe atenta durante os 90 minutos.

– O Madureira não tem mais chances de cair ou classificar, ou seja, o jogo torna-se até mais complicado. Eles virão mais soltos, sem tanta pressão. Temos que ter atenção redobrada, evitar ao máximo as falhas para que possamos sair de Conselheiro Galvão com uma vitória, deixando o Bangu na melhor colocação possível – encerrou o goleiro.

Emerson Pereira