JAIR NEVES

JAIR NEVES

Nascido em Guarulhos, mas criado em Queimados, Jair Neves é hoje Guarda Municipal ali no calçadão de Bangu. O vice-campeão brasileiro e carioca em 85 não quer mais saber de futebol, sua missão agora não é defender a meta de Gilmar, e sim defender a população do bairro.

Jair chegou ao Bangu por conta própria, passando por uma peneira na extinta Vila Hípica. Jogou nos juvenis, nos juniores e, em 1983, numa partida contra o Londrina no Estádio do Café, estreou entre os profissionais.

Seu melhor jogo ocorreu justamente em 1983, numa partida chuvosa contra o São Cristóvão, Jair marcou dois gols. Na época, a atuação serviu para garantir vaga entre os titulares e barrar Tecão.

Daí até 1986, Jair participou de 118 partidas com a camisa alvirrubra, com 61 vitórias, 39 empates e 18 derrotas, tendo marcado 5 gols. Até que chegou Mauro Galvão para o Campeoanto Brasileiro de 1986 e Jair, sem espaço, deixou o clube para rodar o interior paulista, paranaense e gaúcho.

Encerrou a carreira em 1995, no São Bento de Sorocaba, fez prova para a Guarda Municipal, passou e mudou de ares. Do futebol, guarda apenas dois amigos: Márcio Nunes e Ado.