Jefferson destaca experiência do elenco para um bom Campeonato Brasileiro

Goleiro também ressaltou importância do retorno ao Brasileirão

Longos 14 anos separaram o Bangu do Campeonato Brasileiro. Vice-campeão em 1985, o Alvirrubro conta as horas para voltar a campo na competição. Domingo, 21, o time da Zona Oeste visita o Villa Nova-MG pela primeira rodada da Série D, às 16h, no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima. Ciente da responsabilidade, o goleiro Jefferson destacou a importância do retorno ao campeonato nacional.

– Sabemos da tradição do Bangu e o quanto foi esperado para jogar novamente um Brasileiro. Já que se passou tanto tempo longe, chegou o momento de voltar a ter este gosto por competições nacionais. A torcida e o bairro merecem o clube brilhando novamente. Os que gostam do bom futebol, com certeza, querem ver o Bangu bem – afirmou.

Foto: Emerson Pereira/Bangu

Foto: Emerson Pereira/Bangu

Com alguns remanescentes do Campeonato Carioca, o Bangu fechou com 15 reforços para o Brasileirão. Jefferson, um desses, frisou a experiência dos companheiros como um ponto fundamental para a jornada que se inicia no próximo final de semana.

– É uma equipe que sofreu uma grande transformação do Estadual para o Campeonato Brasileiro. Muitos jogadores chegaram para agregar ao grupo, todos com experiência e que estavam jogando seus regionais. A comissão técnica vem montado um time bem equilibrado para que, mesmo que fora de casa, possamos fazer bons jogos e conseguir as vitórias – disse o goleiro, que completou:

– O trabalho vem sendo bem conduzido pelo Roberto Fernandes, um treinador experiente e vitorioso. Com certeza ele escolheu bom jogadores e delineou um trabalho consistente para estarmos prontos para a estreia. A ansiedade é natural, mas o Bangu vai entrar em campo para buscar a vitória. Estamos sendo preparados para isso – garantiu Jefferson.

Bangu e Villa Nova não se enfrentam desde 2002. No último encontro entre as equipes, 9 de outubro, pelo Brasileirão da Série C, melhor para os mineiros: vitória por 2 a 0, em Nova Lima.

Emerson Pereira