Roberto Fernandes afirma que vitória tira fardo das costas: ‘Me incomodava’

A vitória sobre o Macaé nesta quinta-feira 30, foi fundamental para o Bangu no Campeonato Carioca. A equipe de Moça Bonita estava em penúltimo no geral e, por conta do triunfo por 2 a 0, chegou aos nove pontos e está na 9ª colocação. O técnico Roberto Fernandes mostrou alívio após a sua primeira vitória na Taça Rio.

– Era uma seca de vitórias que não me recordo de ter pesado em outro clube numa chegada. Tudo bem que tivemos uma sequência de dois jogos contra equipes que disputam a Libertadores da América (Flamengo e Botafogo), com um orçamento diferente e com treinadores com cerca de um ano de trabalho. Apesar disso, era uma situação que me incomodava bastante – afirmou.

Apesar da vitória, Roberto Fernandes mostrou ciência de que o Bangu não teve uma atuação inânime. Ele afirmou que, por conta do Macaé não ter mais pretensões na competição, a partida foi uma das mais tensas e complicadas.

– A partir do momento que você vai para o jogo decisivo e o adversário têm jogadores de alta qualidade que não se encaixaram na competição, torna o jogo de um alto risco. Para quem vinha de maus resultados, a falta de confiança poderia pesar. Sou bastante sincero e acho que cometemos alguns deslizes por falta de controle. Porém, neste tipo de jogo, o mais importante era a vitória. Desperdiçamos alguns contra-ataques, onde poderíamos até ter vencido de uma maneira mais tranquila – avaliou o treinador.

Para selar a permanência na fase principal do Cariocão 2018, o Bangu vai até a Rua Conselheiro Galvão encarar o Madureira, às 16h do próximo domingo, 2 de abril, no Estádio Aniceto Moscoso. O Alvirrubro precisa de uma vitória simples para atingir o seu objetivo.

Emerson Pereira