Bangu tem jogador expulso no primeiro tempo e perde para o Fluminense na Taça Rio

Arbitragem toma decisão polêmica e Alvirrubro joga todo segundo tempo em desvatangem

A primeira rodada da Taça Rio não foi como planejada para o Bangu. O Alvirrubro recebeu o Fluminense na tarde desta quarta-feira, 21, em Moça Bonita, mas acabou superado por 4 a 0. Assim como nos jogos anteriores, o Alvirrubro teve contra marcações polêmicas da arbitragem. Agora, as atenções estão voltadas para o Macaé.

Embalado pelo bom primeiro turno, o Bangu fez um primeiro de igual para igual com o Fluminense. O Tricolor iniciou com mais posse de bola e buscava imprimir seu ritmo de jogo, mas a defesa alvirrubra estava bem postada e dificultava a vida dos visitantes. Após o tempo técnico, a equipe de Moça Bonita cresceu e levou perigo em chute de Almir, aos 24 minutos, interceptado por Jadson.

Oc amisa 10 voltou a levar perigo aos 33, quando recebeu cruzamento de Valdir cabeceou à queima roupa, com a bola tirando tinta do travessão tricolor. Porém, aos 45, uma marcação controversa mudou o enredo do jogo: o árbitro Daniel de Sousa Macedo expulsou o zagueiro Michel de forma direta, deixando os donos da casa com menos um.

A desvantagem numérica fez diferença na etapa final. Aproveitando-se disso, o Fluminense construiu o placar com dois gols de Marcos Junior, aos dois e seis minutos, respetivamente. Depois, Pedro e Marlon Freitas também marcaram, dando números finais ao confronto.

Buscando se reabilitar no Cariocão, o Bangu vai ao Norte Fluminense encarar o Macaé pela segunda rodada, às 16h30 de sábado, no Estádio Moacyrzão.

Assessoria de imprensa