Bangu e Audax Rio não saem do zero em Moça Bonita

Agora você fica por dentro de todas notícias e acompanha em primeira mão
aqui no site do Bangu Atlético Clube

Bangu e Audax Rio não saem do zero em Moça Bonita

Partida foi marcada pelo intenso calor e forte desgaste físico dos atletas (Foto:João Carlos Gomes)

Alvirrubro chegou à vice-liderança do Carioca com cinco pontos conquistados

Em tarde de forte calor na Zona Oeste carioca, o Bangu recebeu o Audax Rio na sua primeira partida em casa neste Campeonato Carioca. Válida pela terceira rodada da competição, a equipe comandada pelo técnico Mazolinha criou boas oportunidades com Almir e novamente fez o goleiro Rafael realizar grandes defesas que ajudaram na manutenção do resultado. Com o empate, o Bangu se mantém entre os líderes, dividindo a segunda colocação com o Botafogo.

Procurando usar o fator casa ao seu favor, o Bangu procurou segurar a posse de bola para si, trabalhando passes e jogadas pelo meio e pelo lado esquerdo. Com o setor defensivo bem postado, o Audax Rio procurou fazer a proteção parando a ofensiva banguense. Aproveitando as oportunidades, aos 16 minutos Christiano cobrou falta, de frente para o gol, e o goleiro Yamada deu rebote. Na sequência, Willen chutou cruzado e a bola passou rente à trave.

Respondendo ao Bangu, o time meritiense chegou ao ataque com Wellington, que recebeu bom passe, tirou do marcador e ajeitou para a perna direita. O chute passou perto do gol de Rafael. Procurando equilibrar o confronto, Jorginho Paulista arriscou de fora da área levando perigo à meta alvirrubra.

A partir daí o Audax Rio começou a gostar da partida e praticou outros lances de perigo, que obrigou o camisa 1 do Bangu a fazer defesas importantes, como aos 35 minutos, quando Washington subiu e cabeceou após cruzamento da direita. Rafael, bem posicionado, segurou no reflexo, sem dar rebote.

Na segunda etapa o Bangu voltou a trabalhar a troca de passes e as infiltradas no setor defensivo adversário, praticando jogadas aéreas que eram afastadas pelo Audax Rio. Tendo Almir como o principal articulador, quase chegou ao gol com Wendel, que não teve sorte nas conclusões.

Procurando responder às investidas do Bangu, o time comandado pelo técnico Valber teve sua melhor chance nos pés de Washington, que chutou forte da grande área, mas esbarrou com o bom momento de Rafael, que conseguiu desviar a bomba para o travessão.

Na melhor chance do Bangu, na etapa complementar, Almir recebeu pela esquerda e deu passe para Willen. O camisa 11, por sua vez, ajeitou bem e chutou colocado fazendo a bola passar muito perto do travessão de Yamada.

No final do jogo Rafael ainda fez outra grande defesa após chute de Washington, no qual o arqueiro espalmou para escanteio, mantendo o Bangu na briga entre as primeiras posições.

Bangu 0×0 Audax Rio
Campeonato Carioca, 3ª rodada Taça Guanabara – 25/01/2014
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho (Rio de Janeiro, RJ)
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior
Assistentes: Jackson Lourenço Massarra dos Santos e Marcello Oliveira da Costa
Bangu: Rafael; Douglas Tuchê, Rafael Sales, Luis Felipe, Bruno Santos; Raphael Azevedo, Christiano (Gabriel Galhardo), Felipe Foca (Bernardo) e Almir; Wendel (Rodrigo Pinho) e Willen. Técnico: Mazolinha
Audax Rio: Yamada; Adriano, Leandro Camilo, Aderaldo e Jorginho Paulista; Arthur, Cassoti (Luquinha) e Wellington Monteiro (Acacio); Wellington (David), Willian e Washington. Técnico: Valber
Cartões Amarelos: Bruno Santos e Bernardo (BAN).

Agência Bangu