BANGU VENCE CLÁSSICO CONTRA MADUREIRA DE VIRADA POR 2 A 1 E AINDA SONHA COM A TAÇA RIO

Como diria o verso do samba campeão da Mocidade Independente de Padre Miguel, em 1993, “sonhar não custa nada”. O Bangu manteve seu sonho vivo na noite deste domingo, 25. Em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Carioca, o Bangu recebeu o Madureira, em Moça Bonita, com esperança de vencer e continuar sonhando com a vaga na Taça Rio. A vitória veio, de virada, com dois gols de Canhota. Lembrou outro samba da Mocidade, o de 1990, “Ah vira-virou, vira-virou!”. Com o triunfo no clássico suburbano, o alvirrubro subiu para 10° colocação com oito pontos e ainda sonha com a classificação para Taça Rio.

– Acho que a gente vai mais leve. Era a vitória que a gente precisava, o grupo tá comprometido, a gente sonha com essa classificação, o apoio da torcida é essencial e eu tenho certeza que a gente vai sair com essa classificação. – afirmou Canhota.

Canhota comemora um de seus gols contra o Madureira – Foto: Fernando Silva

O JOGO

Em um primeiro tempo disputado, a equipe banguense teve a melhor chance. Aos quinze minutos, Cleyton clareou jogada pela direita, no bico da grande área, deixando a bola para Saulo chutar cruzado, mas goleiro resvalou e jogou para fora.

Na segunda etapa, aos cinco minutos, saiu o gol adversário. Porém, como de costume, nosso torcedor apoiou ainda mais o time, com um lindo show de luzes. No embalo da torcida, o Gigante da Oeste virou o jogo com dois gols de Canhota, que veio do banco.

O primeiro veio aos 43 minutos do segundo tempo, após um belo cruzamento de Meirelles pela esquerda, que também entrou no decorrer da partida, o Cria do Proletário escorou de chapa e guardou para explodir o caldeirão de Moça Bonita. Já o segundo aconteceu dois minutos depois, fruto de uma bela troca de passes até chegar em Canhota que não perdoou e colocou no ângulo. De virada é mais gostoso. Bangu 2 a 1.

O Bangu encerra a primeira fase no Cariocão contra o Boavista no próximo domingo (03), às 18h10, no estádio Eucyrzão, em Saquarema. Para conseguir se classificar, o Gigante da Oeste precisa vencer o seu jogo e torcer para o Madureira não somar pontos contra o Flamengo na última rodada.

Fotos: Fernando Silva / Bangu AC

Texto: Bernardo Fonseca e Luis Felippe Gonçalves (Alunos do Futebol Interativo), com supervisão de Marcos Benjamin, jornalista e assessor de imprensa do Bangu Atlético Clube.