Com gol no fim, Bangu vence a Cabofriense e se despede da Taça Rio

Alvirrubro não avançou de fase por conta de um ponto

O Bangu encerrou a sua participação na Taça Rio com vitória. Em Moça Bonita, o Alvirrubro bateu a Cabofriense por 1 a 0, gol de Felipinho no fim, chegou aos sete pontos, ficando um atrás do Botafogo, por pouco não avançando à semifinal. Na classificação geral, no momento, o time de Eduardo Allax ocupa a sétima colocação.

Com a bola rolando, o Bangu foi para o ataque logos nos primeiros minutos. Aos três, Lucas Sampaio avançou pela esquerda e cruzou. Robinho bateu com a esquerda e a bola bateu no braço do atleta da Cabofriense. Contudo, o árbitro Marcelo de Lima Henrique mandou o jogo seguir.

Aos 15, Rodrigo Yuri encheu o pé em cobrança de falta, mas a bola saiu sobre o travessão. Cinco minutos depois, em falta batida na área, Rodrigo Lobão subiu com liberdade e cabeceou com perigo, quase marcando o primeiro.

O primeiro lance de perigo da Cabofriense saiu somente aos 22 minutos do segundo tempo, quando Gama bateu forte e Luciano, seguro, fez a defesa. O Bangu deu o troco com Rocha, que bateu de primeira, a bola quicou e encobriu George. Quando ela ia entrando, o goleiro se recuperou e deu um tapinha, evitando a abertura do placar.

Porém, a sorte do arqueiro do time da Região dos Lagos não apareceu aos 46 minutos. Felipinho fez jogada pela esquerda, ajeitou e bateu no canto esquerdo. A bola bateu na trave e voltou nas costas de George, morrendo no fundo da rede. Vitória do Bangu: 1 a 0.

O Alvirrubro agora volta as suas atenções para a Série D do Campeonato Brasileiro. O Bangu segue aguardando o posicionamento da CBF sobre quando a competição terá início, já que foi adiada por conta da pandemia do Covid-19.

Assessoria de imprensa