Com semifinal próxima, Anderson Penna garante: ‘Queremos mais’

Confiança segue inabalável em Moça Bonita e zagueiro espera manter o Alvirrubro na briga pelo título

Após 17 anos, o Bangu disputará uma semifinal de Campeonato Carioca novamente. Em 2002, o empate sem gols com o Fluminense frustrou o sonho alvirrubro que poderia quebrar a escrita que perdura desde 1966 sem títulos da competição. Com ânimo renovado, o Alvirrubro chega à fase decisiva após realizar a terceira melhor campanha na fase classificatória, estando com a melhor defesa ao lado do Vasco da Gama. O Cruzmaltino, aliás, será o adversário da equipe Moça Bonita pela terceira vez seguida. Até o momento, o saldo é de uma vitória para cada lado.

No clube deste a Copa Rio de 2014, o zagueiro Anderson Penna esteve presente em todas as partidas do Alvirrubro neste Campeonato Carioca. Na Taça Guanabara, ele fez dupla com o Michel, que se lesionou e deu lugar para Rodrigo Lobão na segunda rodada da Taça Rio. O camisa 4 elogia o adversário, mas reitera a confiança na ida à final.

– A equipe do Vasco tem bastante qualidade e mostrou isso durante o campeonato. Acho que devemos ter muita atenção na bola aérea, que é um ponto forte deles. Diminuindo os espaços e encaixando a marcação com qualidade, acredito que vamos dificultar o estilo de jogo deles. Fazendo isso e colocando em prática o que treinamos, temos chances de ir para final – afirma o defensor, que completa:

– Todos atletas estão felizes com o momento que o clube vem vivendo, mas é óbvio que queremos mais. Não chegamos até aqui atoa e não vamos desistir. Já vencemos o Vasco uma vez e temos condições de repetir isso. É claro que sabemos das dificuldades que vamos enfrentar, mas confiamos no nosso trabalho – ressalta Anderson Penna.

Foto: Raphael Santos/Bangu

O Bangu segue trabalhando visando a semifinal do Campeonato Carioca. Durante o restante da semana, até sábado, os treinamentos serão na parte da manhã em Moça Bonita, sempre a partir das 9h30. O Alvirrubro enfrenta o Vasco da Gama no próximo domingo, 7, às 16h, no Maracanã.

Emerson Pereira