Zagueiro do Bangu, Anderson Penna afirma que evoluiu entre 90% e 99% no rendimento

Jogador comentou preparação em Pinheiral e destacou união do elenco para uma campanha de destaque

A rotina de treinos em Pinheiral tem sido forte, com trabalhos em dois períodos e muita atenção nos detalhes. O Bangu iniciou este sábado, 17, com um exercício de manutenção de força na academia do CT João Havelange, em Pinheiral, Sul Fluminense, sob supervisão dos preparadores físicos Fabrício Abreu e Gustavo Teixeira, indo na sequência para uma atividade em campo reduzido, sob comando de Alfredo Sampaio e seus auxiliares.

Para o zagueiro Anderson Penna, que esteve como titular no último desafio do Alvirrubro da Taça Guanabara, contra o Boavista, foi observado um progresso significativo no ritmo do grupo desde o primeiro turno.

– Percebo uma evolução entre 90% e 99% por cento em nosso rendimento. Graças a Deus o trabalho que está sendo feito aqui em Pinheiral está sendo muito bom. Estamos entrosando mais o time e aproveitando esses dias sem jogos para ajustes e adaptações. Nosso grupo é bom, é forte e todos abraçaram a proposta do treinador, sempre progredindo em escalas – declara Anderson Penna.

O pensamento está todo voltado ao segundo turno do Campeonato Carioca, que para o Bangu começa na próxima quarta-feira, 21, quando o time da Zona Oeste recebe o Fluminense, em Moça Bonita, às 16h30. Ainda de acordo com o zagueiro alvirrubro, o fator casa pode ser determinante para iniciar essa nova fase do Estadual com um resultado a favor do Bangu.

– Primeiramente temos que levar o time para frente, sempre ligados, para não ficarmos no prejuízo na busca pelo resultado. Diante da nossa torcida e dentro de casa, esperamos fazer uma excelente partida para sairmos vitoriosos neste primeiro desafio da Taça Rio. Certamente um resultado positivo nos dará mais força para seguirmos com tranquilidade na sequência do campeonato – destaca Anderson Penna.

O Bangu continua a preparação até domingo, 18, com atividades no período da manhã. Logo após, retorna para o Rio de Janeiro.

João Carlos Gomes